Realeza perde o charme de Philip Na única vinda a Brasília, em novembro de 1968, o duque de Edimburgo causou frisson entre as professoras do Jardim da Infância da 308 Sul, onde foi conhecer o modelo de escola, lembra Liana Sabo, colunista do Correio, que acompanhou a visita da rainha Elizabeth II à capital. O príncipe Philip morreu ontem, aos 99 anos, em casa, no Castelo de Windsor. A causa da morte não foi revelada. Sobre o marido, Elizabeth, em rara demonstração de afeto, há 10 anos, disse que ele era a Na única vinda a Brasília, em novembro de 1968, o duque de Edimburgo causou frisson entre as professoras do Jardim da Infância da 308 Sul, onde foi conhecer o modelo de escola, lembra Liana Sabo, colunista do Correio, que acompanhou a visita da rainha Elizabeth II à capital. O príncipe Philip morreu ontem, aos 99 anos, em casa, no Castelo de Windsor. A causa da morte não foi revelada. Sobre o marido, Elizabeth, em rara demonstração de afeto, há 10 anos, disse que ele era a "minha âncora". Funeral não terá honras de Estado em razão da pandemia. Governo confronta STF e procura esvaziar CPI Um dia depois de o ministro Luís Roberto Barroso, do STF, determinar que o Senado instale a CPI da Covid, para apurar eventuais omissões do Executivo no combate à pandemia, o presidente Jair Bolsonaro reagiu atacando o ministro e acabou deflagrando mais uma crise com o Judiciário. "Barroso se omite ao não determinar ao Senado a instalação de processos de impeachment contra ministro do Supremo, mesmo a pedido de mais de 3 milhões de brasileiros. Falta-lhe coragem moral e sobra-lhe imprópria militância política", escreveu numa rede social. O STF emitiu nota oficial em defesa de Barroso. E o próprio ministro rebateu Bolsonaro. "Cumpro a Constituição e desempenho o meu papel com seriedade, educação e serenidade", declarou. Líder do governo, o senador Fernando Bezerra (MDB-PE) afirmou que atuará para inviabilizar a instalação da CPI. Além disso, no Senado, foi desenterrada proposta de emenda à Constituição %u2014 a PEC das liminares %u2014 que limita decisões monocráticas de ministros da corte.
Jornal Impresso